Águas residuais tratadas com excedente energético

Além de garantir água limpa, a estação de tratamento de água de Aarhus, na Dinamarca, ainda produz mais energia elétrica e aquecimento do que precisa com a ajuda dos drives da Danfoss.

— quinta-feira, 16 de abril de 2015 Por Danfoss

As estações de tratamento de água e efluentes são responsáveis pelo maior consumo de energia elétrica na maioria das cidades, geralmente algo em torno de 25-40% do uso total de energia. Na cidade dinamarquesa de Aarhus, a empresa local de águas conseguiu transformar a estação de tratamento de águas residuais também em uma usina de geração combinada de calor e energia.

Em 2014, a estação de tratamento de águas residuais de Aarhus produziu 140% de energia elétrica de 2,5 GWh de calor excedente, que são levados para o sistema de aquecimento distrital da cidade e, assim, reduzem sua pegada de carbono. A produção combinada de calor e energia elétrica resulta em uma produção de energia de 190-200%, o que é 90% mais do que a estação consome. 

Isso foi possível graças a um processo de otimização avançado e ao uso de mais de 120 drives de velocidade variável VLT® AQUA Drive da Danfoss para controlar praticamente todos os equipamentos de rotação. Os drives permitem que a estação de tratamento de águas residuais se adapte à mudança de carga durante o ciclo de 24 horas e, assim, economize energia. Feito de maneira otimizada, esse processo também cria a quantidade máxima de lodo/carbono para o digestor, gerando gás que é usado tanto para a produção de energia elétrica quanto de calor.

O objetivo da Aarhus Water é aumentar ainda mais sua produção de energia, gerando tanta energia excedente a partir de sua estação de tratamento de águas residuais que possa atender também aos requisitos de abastecimento de água potável da cidade. Isso irá transformar o maior consumidor individual de energia elétrica da cidade em uma unidade neutra do ponto de vista energético.

 

Socialize Participe

Quer socializar conosco?

Venha nos conhecer e conversar conosco